TUDO SOBRE O 11º EPISÓDIO DE “O NOIVO É QUE SABE”

por Noiva em Quarentena
116 visualizações
Carla e Rui em "O Noivo é que Sabe"

Após 11 episódios, já sabemos perfeitamente o que a Segunda-feira nos traz – mais um resumo de “O Noivo é que Sabe”.

Durante a semana, faltou-nos os habituais diários a que este programa nos familiarizou. Não podendo ver as aventuras destes noivos diariamente, tivemos que aguardar pelo episódio de Domingo para perceber como iriam ser os próximos enlaces. No entanto, se pensam que o programa de ontem teve conteúdo que se farta estão muito enganados.

Na minha opinião, o mais recente episódio focou-se em pequenos excertos de cada casal criando a sensação de rapidez, algo que já não notava desde o primeiro episódio. Fora alguns momentos como quando as noivas partilhavam os seus pontos de vista com as amigas, o restante programa parece que passou a correr.

Não sei o que vocês acham mas penso que o foque não foi nos momentos certos e esta semana falharam nesse aspeto. Acho que deviam ter tido em conta o facto de na semana passada terem recebido várias criticas negativas pelo casamento que assistimos e terem agarrado o público de uma forma mais eficaz. Eu admito que não foi certamente o meu episódio preferido e tive que ter bastante força de vontade para não adormecer.

Infelizmente esta semana não vou poder fazer algo que gosto que é comentar os looks da Cláudia já que o programa de ontem foi claramente uma continuação do anterior. Mas antes de passarmos às peripécias destes casais (hoje com uma surpresa que eu sem querer previ há uma semana), deixo-vos mais uma vez o vestido lindíssimo que a vimos usar tanto no programa da semana passada como no de ontem.

Cláudia Vieira em "O Noivo é que Sabe"
Facebook/SIC

OS CASAIS: A CARLA E O RUI

Carla e Rui em "O Noivo é que Sabe"
Facebook/SIC

Após uma semana de espera, finalmente vimos o “Sim” da Carla e do Rui em “O Noivo é que Sabe”.

O percurso do casal neste programa teve os seus altos e baixos. O Rui teve bastantes dificuldades em organizar a cerimónia e o facto de ser demasiado orgulhoso para pedir ajuda fez com que falhassem alguns pormenores. Por outro lado conhecemos uma Carlota que antes não nos tínhamos apercebido – uma rapariga que sabe bem o que quer e o que não quer e que faz questão em dizê-lo.

O que é certo é que após o episódio anterior, este casal não caiu nas boas graças dos telespectadores pela medíocre capacidade de organização do Rui e pela personalidade peculiar da Carla.

A MÃE GALINHA

Se houve algo que me surpreendeu nos dois últimos episódios de “O Noivo é que Sabe” foi o facto da mãe da Carlota ter referido que ficava triste por ver a filha caminhar em direção ao altar. Na verdade, não sabemos as intenções da senhora nem o motivo pelo qual o disse, mas no inicio do programa focaram-se bastante nas suas atitudes. Tenho uma opinião formada sobre a razão pela qual ela sente-se infeliz de ver a Carlota a casar e recai no facto de ser uma “mãe galinha” em demasia. Mas independentemente do que ela pensasse acho que pecou porque o refere em frente às câmaras e mostrou uma faceta que não agradou ninguém que estivesse a assistir a “O Noivo é que Sabe”.

FINALMENTE… O SIM

Devido ao esquecimento do Rui na contratação de um celebrante, tiveram que arranjar algum familiar que não se importasse de os casar. Rapidamente a tia do noivo oferece-se e confesso que na altura achei que iria correr muito pior. Sem um manuscrito, a tia de Rui proferiu algumas palavras sobre a felicidade de estar ali naquele momento, o que foi muito mais do que se pedia a quem teve apenas 5 minutos para preparar a celebração. Logicamente que Carlota não entendeu o porquê de ser um familiar a casá-los e mais uma vez teceu algumas criticas. Mas para um esquecimento, sorte tem em ter alguém que celebrasse o enlace.

Mas as opiniões de Carlota não ficaram por aqui. Até no momento da troca das alianças refere que não gostou do modelo do anel porque não combinava com o anel de noivado. No entanto, podemos dizer que ao contrário do marido, ela pensou em tudo já que escreveu os seus votos de casamento.

O COPO-DE-ÁGUA (UM POUCO DIFERENTE)

Se houve algum casamento em que eu tivesse uma enorme curiosidade em saber como iria correr o copo-de-água foi este. Tinha pré-definida uma ideia de que a noiva poderia não gostar de vários elementos pois sabia que o Rui tinha falhado em algumas partes (e a meu ver não se importou nem um pouco).

A decoração das mesas estava simples, mas acho que faltava qualquer coisa. O tema que Rui escolheu – o Cinema – era pouco visível ou mesmo inexistente pelo que acho que a concretização deste mote foi falhada. Quanto ao espaço concordo que era lindíssimo mas apesar de não saber quando os dois casaram, consigo dizer que o tempo que se fez sentir não pedia um copo-de-água ao ar livre.

A mesa dos noivos estava no centro e a meu ver a um espaço mais curto dos convidados do que a maioria das cerimónias. Mas mesmo assim, Carlota refere que gostava de ter ficado numa mesa com mais pessoas – a mãe por exemplo. Algo que me surpreendeu foi ela questionar do que iriam os dois falar estando ambos numa mesa. Imediatamente pensei que se não tens nada para conversar com a pessoa com quem casaste então certamente tens aí um problema.

Quanto à ementa, sabemos perfeitamente que o porco no espeto era algo que não iria agradar à noiva que chega mesmo a referir que o cheiro era insuportável. No entanto, o bacalhau com broa referente ao catering fez as delícias de Carlota que chega mesmo a repetir. Mas o facto de não haver entradas, sobremesas e as bebidas serem limitadas empobreceu o catering mesmo que a mãe do noivo tenha levado algumas tartes para os convidados.

O CORTE DO BOLO

Contrariamente ao que pensava, Carlota teve um bolo de casamento mas é certo que o formato não é algo de que goste. Obviamente que gostos não se discutem mas desta vez tenho que concordar com ela e referir que o bolo não foi muito bem conseguido. No entanto, o facto da noiva estar constantemente a reclamar faz com que qualquer coisa que ela diga seja levado como critica. Até a apresentadora Cláudia pediu para que ela parasse de refilar.

Eu consigo concordar que o Rui não foi 100% eficaz na organização do casamento. Aliás uma das questões que me surgiu foi realmente o que ele fez ao dinheiro porque não o vi a gastar o valor total, e várias vezes ele refere que já não tem budget. No entanto, já que foi ela que os inscreveu no programa, não necessitava de criticar cada aspeto do casamento.

Eu confesso que estou bastante curiosa para saber as suas opiniões sobre o a cerimónia, mas se for semelhante ao que vimos até agora são poucas as coisas boas que tem para dizer.


OS CASAIS: O DELFIM E A SORAIA

Soraia e Delfim em O Noivo é que Sabe
SIC

Durante o programa de ontem conseguimos ver um pouco mais da organização do noivo Delfim e do nervosismo da Soraia. Para a semana este casal irá dizer o “Sim” em “O Noivo é que sabe” e pouco falta para o seu casamento ser perfeito.

Acredito que com alguma ajuda, mas o que é certo é que o Delfim tem-se mostrado um organizador exemplar. No inicio da contagem decrescente ele tratou logo do registo civil, do local do casamento, alianças e do fato do noivo e vestido da noiva. Assim, com tudo o que é mais importante contratado, tem margem para fazer mais algumas brincadeiras caso o budget ainda dê.

UM PEDIDO EM FALTA

É certo e sabido que a Soraia e o Delfim ainda não podem ser considerados noivos já que o pedido ainda não surgiu. No entanto, para quem viu “O Noivo é que Sabe” da semana anterior sabe perfeitamente que a Cláudia convenceu o militar a marchar em frente.

Delfim pede então ajuda aos sobrinhos (que percebemos anteriormente que gostavam de ter o seu próprio canal de YouTube) para fazer um pequeno vídeo a pedir Soraia em casamento já que os dois não se podem encontrar. Com a diversão a que já nos habituou, Delfim grava um pequeno clipe demonstrando a sua veia romântica mas divertida em simultâneo.

É certo que um simples vídeo não chega, então, antes de dar uma missão extremamente importante a Cláudia Vieira, compra um ramo lindíssimo de rosas vermelhas a acompanhar o pedido e o anel.

Sem saber o que ele prepara, percebemos que Soraia está também à espera do demorado pedido. Mas não é a única. O seu pai refere que não o chateia o facto dele não ter pedido a filha em casamento, mas sim, não lhe ter pedido a ele, amão dela. Eu tenho uma opinião muito própria quanto a este aspeto. Acho que os tempos felizmente se modernizaram e compreendo que muita gente gosta de tradição mas não acho que seja mais importante pedir a mão a um pai do que perguntar a uma mulher se quer casar. Acho que a evolução do papel das mulheres na sociedade faz com que elas sejam “donas do seu próprio nariz” podendo fazer o que quiserem e tomar qualquer tipo de decisão por elas próprias não precisando da aceitação por parte de ninguém a não ser delas mesmas.

SENTIDO! A DESPEDIDA DE SOLTEIRA CHEGOU

Não é novidade para ninguém que para o Delfim tudo tem que ter um pouco de treino militar. Por isso, não seria surpresa para ninguém que na despedida de solteira de Soraia ele incluísse algo sobre esse tema.

Soraia vai então com as amigas para um terreno pensando que iriam jogar paintball. Rapidamente descobrem que estão enganadas quando começam a ter um pequeno mas intenso treino militar. Após algumas corridas, flexões e abdominais, o seu treino termina com algumas dores para o dia seguinte. Mas a despedida de solteira não fica por aqui. Soraia faz uma pausa no seu discurso de “Eu vou matar o Delfim” quando percebe que a atividade seguinte é uma partida de Laser Tag.

Após um jantar com as amigas, Soraia fala sobre os seus medos e receios acerca da organização do namorado e Paula, a irmã de Delfim, deixa-a na incerteza quando diz numa brincadeira que não é ela que está a ajudar o irmão. No dia seguinte, uma das amigas de Soraia confessa que ele a convidou para sua madrinha.

Enquanto Soraia tem a sua despedida de solteira, também Delfim junta os amigos para um jantar de comemoração do casamento.

No próximo Domingo veremos como será este enlace, mas posso dizer-vos que, pessoalmente, estou bastante curiosa.


OS CASAIS: O FERNANDO E A FERNANDA…

Casamento Triplo em "O Noivo é que Sabe"
SIC

Conhecemos o Fernando e a Fernanda no programa da semana passada de “O Noivo é que Sabe”. Com um espirito zen e uma história de vida complexa, o Fernando encontrou na Fernanda o amor que ansiava. No programa de ontem assistimos à maior surpresa que “O Noivo é que sabe” nos proporcionou.

“QUEREM CASAR CONNOSCO?”

Na semana passada, o programa terminou com uma surpresa do Fernando. Obviamente que só foi desvendada no episódio de ontem mas no meu post anterior, coloquei uma suspeita que revelou ser verdadeira.

Se bem se lembram, Fernando pediu aos namorados das filhas para entrarem nesta aventura com ele e, ao que percebemos, disseram logo que sim. Seguiram todos para o cinema – o local onde iriam desvendar surpresa. O que elas não esperavam é que os três homens se ajoelhassem ao mesmo tempo. Pois é pessoal, vamos ter um casamento triplo.

…PAULA E LUÍS…

Paula e Luís em "O Noivo é que Sabe"
SIC

A Paula é a filha mais nova da Fernanda e com apenas 21 anos, namora com o noivo Luís há cerca de 2, mas há cerca de 5 meses que vivem juntos.

Conheceram-se no bar da praia onde a Paula trabalhava e rapidamente ele se deslumbrou com ela. Apesar de não se ter interessado imediatamente por ele, após ter insistido que saíssem juntos começou a haver um certo fascínio. Mas foi após Luís ter desistido de andar atrás dela que Paula se decidiu a pedir-lhe em namoro.

Ela diz que o que mais gosta nele é que pensa nos outros primeiro. Ele diz que não há uma característica dela que desgoste mas adora a forma meiga como fala com as pessoas. Luís quer uma festa com família e amigos enquanto Paula apenas tem medo dele falhar redondamente nesta missão.

…E ANA E EMANUEL

Ana e Manu em "O Noivo é que Sabe"
SIC

A filha mais velha de Fernanda namora com o Emanuel (ou Manu como é chamado) há 6 anos.

Conheceram-se na escola mas Ana não lhe ligava nenhuma. Foi preciso Manu inventar uma pequena mentira para que ambos começassem a falar.

Já vivem juntos enquanto casal no segundo piso do apartamento da mãe, pelo que o próximo passo seria certamente casar. Sonham com um casamento na igreja e, não o conseguindo fazer por “O Noivo é que Sabe”, admitem que o farão depois.

Ele diz que ela tem um feitio difícil. Ela assume que ele é um romântico. Ana não quer entrar com uma música tradicional e o seu sonho era casar na praia.

OS PRIMEIROS PASSOS

Mãe e filhas contam à avó e tia que se vão casar. Após uma pequena surpresa inicial, começaram todas às gargalhadas pela situação. Comentam a despedida de solteira e o que esperam dos três noivos.

Enquanto isso Fernando e Luís visitam a primeira quinta. Apesar de gostarem imenso do que estão a ver, temem que seja um bocado cara para o seu orçamento – que ainda não sabemos qual é já que estamos a falar de um casamento triplo.

Após esta surpresa, estou bastante curiosa como será a organização de um casamento a três. Resta-nos esperar pelo próximo Domingo para saber.

Assinatura Noiva em Quarentena

vê também estes posts

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.