O NOIVO É QUE SABE – 3º EPISÓDIO

por Noiva em Quarentena
58 visualizações

Chegámos à terceira semana de o “Noivo é que Sabe” e para quem apenas chegou agora a estes resumos, não se preocupem que eu explico: este doc-reality, que é como a SIC chama a estes formatos, é a versão portuguesa do formato inglês “Don’t Tell the Bride“. Já conta com três episódios do que penso que sejam um total de dez. Já assistimos ao casamento de dois casais – o Lourenço e a Maria e a Ana e o Fábio e esta semana, assistimos ao terceiro casamento do programa.

Para quem ainda não viu, atenção pois este artigo contém spoilers. Podem aceder ao episódio aqui.

A CLÁUDIA

claudia vieira no 3 episodio de o noivo e que sabe
Foto: Facebook /Cláudia Vieira

A semana passada já tinha falado da Cláudia Vieira enquanto apresentadora. No entanto, acho que ela tem feito um trabalho maravilhoso que não chega comentar uma vez.

Enquanto faço estes resumos, tento não passar por qualquer tipo de revista ou artigo sobre o programa mas tive curiosidade em ler uma entrevista que a Cláudia deu em que ela referia que neste tipo de programa podia ser ela mesma e eu não podia estar mais de acordo. Vemos uma apresentadora que fala com uma extrema simpatia com os casais e sempre com um enorme carinho. Nota-se que gosta do que está a fazer e que realmente é a Cláudia que está ali e não uma personagem fictícia criada para o propósito. E conseguimos percebê-lo com cada sorriso, cada gargalhada, cada olhar. Eu nunca tinha ouvido a Cláudia a rir de uma maneira tão genuína como a vejo neste programa.

Algo que também disse anteriormente e que algumas pessoas com quem falei concordaram foi que ela era uma “fada-madrinha” para estes casais. Numa altura em que mais de metade dos casamentos portugueses foram adiados ela é sem dúvida a melhor pessoa para ser a cara do programa. O carinho com que ela fala, a compreensão e mesmo as brincadeiras que tem com os concorrentes, faz que mesmo quem não se casa pelo “Noivo é que sabe” queira ter alguém como a Cláudia que diga que vai tudo correr bem.


A ANA E O FÁBIO

Foto: SIC

Há uma semana vimos este casal a dar o nó numa cerimónia medieval. Desde o primeiro momento que achei que a Ana não iria gostar desta surpresa do Fábio, mas se 13 anos não servem para saber o que a noiva gosta, então não sei o que será.

Na verdade, mais que o noivo decidir tudo acerca do casamento, este programa mostra às mulheres que os seus noivos as conhecem melhor que ninguém e este casal é prova disso.

A Ana diz que ficou tudo perfeito – desde ser “raptada” até ao porco no espera que tanto disse que não queria. Relativo ao porco no espeto, Fábio refere que a mãe gostava de o ter visto a casar com esta comida na cerimónia. Por acaso gostava que ele tivesse explicado o porquê já que é algo fora do comum e aposta que tem um significado carinhoso por trás. Deixa-me inclusive a pensar se toda a temática medieval não foi uma forma de homenagear a mãe que faleceu há uns anos.

Um dos momentos mais engraçados deste enlace tem como protagonista o pai da noiva. Nota-se perfeitamente que ele tem uma óptima relação com o Fábio uma vez que a meio do copo-de-água, levanta-se e diz que ele lhe levou a filha mas não recebeu nenhum dote (se bem me lembro, era um costume que se tinha nos casamentos daquela época).

A LUA-DE-MEL

Não consegui perceber para onde foram de lua-de-mel, mas vemos o casal a falar numa esplanada e aí conseguimos perceber alguns pormenores acerca do método de organização do Fábio e que nos passou ao lado. Na realidade, ele tinha tudo programado ao pormenor.

No entanto, tenho que dizer que o Fábio por vezes diz coisas que podiam não ter sido ditas, como por exemplo algo que ele disse à Ana na lua-de-mel que foi que teve que escolher tudo do mais barato. Inicialmente ela pareceu meio apreensiva e tenho a dizer que é preciso conhecer muito bem a pessoa que está ao nosso lado para não ter ficado chateada ou pensativa acerca destas palavras. Por outro lado, também acredito que Fábio terá dito isto por ter extrema confiança com a Ana e que não quer esconder nenhum pormenor desta experiência tão importante para ele (notava-se perfeitamente que ele ficou orgulhoso dele próprio com tudo o que conseguiu).

Despedimo-nos deste casal durante a semana e espero que continuem com este amor que os une durante longos anos.


A SUSANA E O OCTÁVIO

susana e octavio de o noivo e que sabe
Foto: SIC

O Octávio é dos noivos que mais me surpreendeu desde que o vimos no primeiro diário a organizar o casamento numa toalha de mesa de papel.

Sem dúvida que ele tem mérito porque enquanto os outros noivos tiveram ajuda de familiares ou padrinhos, o Octávio organizou praticamente tudo sozinho. Então acho que após 8 dias de enorme stress e ansiedade, ele começou a ficar perdido e ter conseguido sentar-se com o filho e pensado em tudo o que falta foi realmente bom para ele. Apesar dele ter feito um óptimo trabalho, acho que ter a ajuda do filho em alguns momentos tinha sido fulcral e pergunto-me porque é que ele não o convidou para padrinho.

Começamos também a ver a faceta romântica dele, possivelmente por estar há tanto tempo sem a sua Fiona. Entrega-lhe flores, uma carta e pede à Cláudia que entregue uma outra mensagem a Susana dedicada à noite de núpcias.

O momento mais engraçado do Octávio foi a surpresa que ele preparou para ao casamento. Foi aprender uma coreografia para surpreender a Susana e começamos a ver uma faceta dele mais engraçada e mais solta. No entanto, não vemos esta coreografia na cerimónia e acho que se ele realmente não se esqueceu dela, podiam ter passado. Seria um momento hilariante certamente.

A CONTAGEM DECRESCENTE

Para a Susana, a contagem decrescente começou nos dias antes da cerimónia. Aos poucos os pormenores do casamento foram desvendados, a começar pelo vestido. Ela foi experimentá-lo juntamente com duas das amigas, mas sempre de olhos vendados. Sobre as amigas não sei o que dizer delas porque assim que a Susana saiu do provador, tiveram um ataque de riso. Sei que a Susana provavelmente já as conhece perfeitamente e se vemos o programa desde inicio sabemos que a Judite em especial é uma mulher bastante cómica. Obviamente que a noiva já sabia com o que podia contar relativamente às amigas mas em parte achei que deviam ter ficado mais calmas porque acima de tudo, a Susana era uma noiva a entregar o seu casamento nas mãos do futuro marido. Ao fim ao cabo chega a ser stressante mesmo que se esteja numa posição mais tranquila. Eu falo por mim, porque se eu tivesse na mesma situação secalhar ia ficar ainda mais ansiosa.

Mas na verdade, o que interessa é que era exactamente o que Susana queria e até se emocionou por o noivo pensar em tudo o que ela gosta. Posso dizer que não o vestiria, mas achei que era perfeito para o tema e para ela. Assentava-lhe que nem uma luva e foi uma verdadeira prova de amor.

O CASAMENTO

O casamento do Octávio e da Susana foi completamente de sonho para ela porque foi tudo ao gosto dela – O significado para eles do Shrek e da Fiona, o amor dela por girassóis. Não houve nenhum pormenor do casamento em que este noivo não pensasse nela. Se Susana tinha dúvidas do amor de Octávio, aqui tirou-as completamente.

Acho que a única coisa que a Susana se pode queixar foi não poder ter os irmãos e filhos no casamento. Ela diz que os irmãos compreende porque não vivem perto mas os filhos não aceita. Porém nada disto foi culpa do noivo.

A decoração estava linda, tudo mediante o tema. Tinham o burro, os girassóis e o salão estava decorado com elegância em tons de verdes e castanho que fazia lembrar a floresta. O topo do bolo eram dois bonecos do Shrek e Fiona bastante queridos.

Por via do celebrante ouvimos a história dos dois contada de uma maneira caricata e foi um dos momentos mais engraçados da cerimónia. Já sabiamos que o Octávio fez de tudo para conquistar a Susana e já tínhamos percebido que uma das coisas que ele fez foi ter colocado o aparelho. Pela primeira vez vemos o Shrek em forma de príncipe e tudo graças ao Octávio. Já a Susana diz que se parece uma princesa, mas em tamanho XL.


A DANIELA E O DIOGO

diogo e daniela o noivo e que sabe
Foto: SIC

A SIC realmente escolheu os casais de “O Noivo é que Sabe” a dedo. Ainda não consigo dizer que não gosto de algum. A Daniela e o Diogo é dos casais mais novinhos que concorreram, mas é dos mais engraçados e estão sempre na brincadeira um com o outro. A Daniela farta-se de dizer que o seu Zé Diogo é preguiçoso, egoísta e egocêntrico. Ele, como sabe disso, aproveita e goza com ela.

Durante a semana, vimos o inicio da organização do Diogo juntamente com o primo e melhor amigo. Fiquei descansada quando os vi aos três porque acho que juntos fazem um ótimo trabalho de organização e fazem o Diogo questionar-se acerca de alguns aspectos importantes como “o que é que a Daniela gosta“. Percebemos que ele realmente é egocêntrico. Acho que nunca vi ninguém dizer tantas vezes “Eu“. Mas também é uma pessoa que está constantemente com um sorriso gozão. Na minha opinião, ele não o é completamente mas também não pensa só nela. Ele tenta equilibrar o que ele gosta com o que ela gosta.

Por outro lado, o Diogo pensa bastante em números. Farta-se de fazer contas e estimativas do que pode gastar. Para dizer a verdade acho que foca-se demasiado nos números e não vemos muito dele a estar “no terreno” com reuniões. Mas também tem tido azar já que quando foi visitar a quinta teve que voltar para trás e teve um fornecedor que recusou devido ao COVID.

SOBRE O VESTIDO

Daniela revela que o seu vestido perfeito é com o corte sereia, cheio de brilhantes e rendas e logo percebemos que o Diogo não gosta deste tipo de vestido e que certamente irá optar pelo modelo princesa. Ela chega a dizer (e repete-o várias vezes) que prefere ir de calças de ganga que a parecer um ananás – foi aqui que passei a ser fã da Daniela. Enquanto nortenha que é diz tudo o que pensa mas de uma maneira extremamente engraçada.

No entanto, nem tudo é mau para o Diogo, que tenta fazer uma surpresa à Daniela ao fazer com que a irmã (que mora na Suiça) viesse ao casamento, já que era bastante importante para ambos que a sobrinha fosse a menina das alianças. Em contrapartida, errou em parte nos padrinhos dela.

A DESPEDIDA DE SOLTEIRA

Acho que o momento mais “interessante” deste casal foi a despedida de solteira. Não digo engraçado porque realmente não tenho palavras para descrever o que aconteceu. O Diogo para, mais uma vez, gozar com Daniela fez com que ela e as damas-de-honor fossem apanhar fezes de cavalo para uma quinta enquanto estavam bem vestidas.

No entanto esmerou-se ao preparar um piquenique de seguida, acabando com uma subida à ponte da Arrábida. Diogo assistia a tudo de terra e Daniela chamava-lhe nomes e gritava para ele mas ao mesmo tempo percebemos que ela poderá ter achado engraçado. Diogo também lhe deu uma caixa com uma “pista” para o seu vestido onde estava um lenço e uns sapatos vermelhos. Temos que recordar que a Daniela disse que não ia casar com um vestido vermelho nem no estádio da Luz. Inicialmente achei injusto porque o padrinho dele disse para separar 1000€ para a despedida dele e depois percebemos o que ele fez à Daniela.


O NOVO CASAL: GRACIETE E RICARDO

Foto: SIC

Conhecemos durante a semana o novo casal de “O Noivo é que sabe” – A Graciete e o Ricardo. Vivem ambos em Queijas e a Graciete tem dois filhos de relacionamentos anteriores e dois netos. Ela diz que já foi casada duas vezes mas nunca teve um casamento. Isto porque é de etnia cigana e após um casal viver junto já é considerado casado, pelo que entendi. Mas a história desta noiva não é fácil: O primeiro marido tratava-a mal, o segundo faleceu e com Ricardo descobriu o que é ser amada. Conheceram-se no café que onde ele era proprietário.

Infelizmente não foi bem recebida na família do seu noivo mas é uma mulher destemida e nota-se perfeitamente ao ouvi-la falar. Não sei o que aconteceu mas estes casos fazem-me sempre bastante confusão principalmente quando falamos de duas pessoas apaixonadas. O amor é uma linguagem universal e não deveria ser visto mediante a cor ou etnia.

O Ricardo é um homem extremamente divertido. Cada vez que abre a boca, diz uma piada. Houve uma altura em que a Graciete diz que devido à sua vida tem sempre um “olho no burro e outro no cigano”. Ricardo responde que ele é o burro e ela é a cigana. mas no bom

SOBRE O CASAMENTO

Ricardo fez o pedido de casamento há 3 anos. Graciete já tinha pensado no que queria e refere muitas vezes que gostava de parecer uma princesa, mas com um vestido vermelho. Ela acha que ele não vai acertar na cor do vestido mas confia a 100% nele para a organização do seu grande dia.

Ainda no episódio de Domingo de “O Noivo é que Sabe” vemos o casal a contar aos pais que se vai casar e enquanto os pais de Graciete aceitam bem porque a tradição cigana já não é o que era antigamente, a mãe de Ricardo não gostou da ideia embora tenha dito que goste da Nora.

Sobre a organização, Ricardo já tem as coisas bastante alinhadas e começa logo por ir ver uma quinta – a Quinta do Roseiral. Acho que quando vi as minhas passei por esta, mas na minha cabeça já tinha uma escolhida então não prestei muita atenção. Mas a quinta é lindíssima, perfeita para casais que querem casamentos modernos.

Durante esta semana certamente veremos mais sobre a organização de Diogo e Ricardo e infelizmente teremos que dizer adeus ao Octávio e a Susana.

Para acompanharem este programa podem ver os diários, todos os dias Às 19h35 e o programa completo aos Domingos, pelas 22h00.

assinatura noiva em quarentena

vê também estes posts

1 comentário

O NOIVO É QUE SABE - 4º EPISÓDIO • Noiva em Quarentena 21/09/2020 - 22:59

[…] Com 4 episódios já transmitidos, vimos anteriormente noivos a realizarem casamentos com qualquer temática, desde um estilo mais romântico e descontraído como foi o caso do Lourenço e da Maria, passando pela época medieval com o Fábio e a Ana e a terminar na floresta do Shrek com o Octávio e a Susana. […]

Responder

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.