O NOIVO É QUE SABE – 2º EPISÓDIO

por Noiva em Quarentena
188 visualizações

A semana passada conhecemos a nova aposta da SIC para as noites de Domingo. Estamos a falar de “O Noivo é que sabe”, apresentado pela querida Cláudia Vieira, e consiste na escolha de todos os pormenores do casamento, desde o vestido de noiva ao tema e local… pelo noivo.

Anteriormente fiz uma opinião e resumo do primeiro episódio e hoje falo-vos mais um pouco do que aconteceu neste programa durante a semana.

A APRESENTADORA

claudia vieira o noivo é que sabe

A semana passada não falei sobre a Cláudia Vieira, mas hoje dou-lhe um espacinho neste post. Inicialmente não tinha uma opinião honesta sobre a Cláudia no papel de apresentadora. Apenas a tinha visto a apresentar o “Ídolos”, mas admito que não seguia sempre. No entanto a SIC não podia ter escolhido melhor pessoa para o “Noivo é que Sabe”.

No casamento da Maria e do Lourenço ela ia vestida com um modelo verde claro que me fez lembrar a Sininho. E na verdade acho que não poderia ter ido de melhor forma. Ela tem sido uma verdadeira fada (neste caso “madrinha”) para estes noivos. Uma confidente, uma amiga, uma pessoa que acalma as noivas naqueles momentos de maior ansiedade – lembro-me por exemplo do momento em que a Maria não sabia ainda que ia receber a parte debaixo do seu vestido e ela acalmou a noiva com uma tranquilidade e sempre com um sorriso no rosto.

Ela inclusive consegue dizer as palavras certas nos momentos certos. Acho realmente que ela é uma mais-valia para este programa e foi uma escolha mais que acertada.

OS CASAIS DE “O NOIVO É QUE SABE”

A MARIA E O LOURENÇO
maria e lourenço o noivo e que sabe

Esta semana despedimo-nos deste casal já que vimos a totalidade do seu casamento e lua-de-mel.

A cerimónia, segundo a Maria foi “impessoal” e eu apoio-a a 100%. Acho que foi apenas uma leitura de contrato sem apelar ao amor e por isso aconselho a todas as noivas a optarem por um cerimonialista.

Vemos também a pessoa que o Lourenço é já que, com ele mais “solto” sem ter que lidar com os nervos de preparar um casamento em 10 dias, compreendemos a personalidade divertida que ele tem e vemo-lo completamente rendido à Maria, sempre a dizer “estás linda” e “tinha tantas saudades tuas”. Achei tão querido.

Quanto à Maria já sabíamos que ela é uma querida e que só queria ver o noivo feliz, mas também a vemos sempre a “picar” o Lourenço com as escolhas dele o que foi bastante engraçado. Eu posso dizer com toda a franqueza que há pessoas que assim que falamos com elas emanam uma energia positiva e a Maria é uma delas. Eu tive a felicidade de ter falado um pouco com ela e é realmente um amor de pessoa. Gostei imenso de falar com ela.

SOBRE O CASAMENTO

No geral foi um casamento lindo e o Lourenço surpreendeu a Maria em cada pormenor. Apercebemo-nos exactamente que ele a adora e que sabe perfeitamente o que ela gosta. Após a cerimónia vemos uma Maria a dizer que até se apaixonou mais pelo Lourenço com esta experiência. Um dos momentos mais engraçados do casamento é quando vemos os dois a tentar dançar e acabam às gargalhadas. São nestes momentos mais simples que vemos a sua cumplicidade.

No entanto tenho que dar um “puxão de orelhas” à SIC. Num dos vários momentos que passaram no “Noivo é que Sabe”, vemos uma Maria a irritar-se com o vestido e a descarregar para cima do Lourenço. O irmão dele refere que ela está bastante nervosa e toda a cena dá-nos um lado mais negativo da Maria, o que não é o caso.

Algo que não passou e que ninguém deixou explicar é que o Lourenço não tinha as medidas da Maria e o vestido estava demasiado comprido (daí vermos a Maria a pegar nele várias vezes). Ao andar junto a ela, o Lourenço fartou-se de o pisar e as raparigas habituadas a vestidos longos sabem o que acontece quando alguém as pisa – Parece que o mundo nos puxa para trás. Ora imaginem isto durante vários momentos…

Infelizmente o momento que passou foi apenas quando ela já tinha sido pisada várias vezes e teve um pequeno momento em que “explodiu”, algo perfeitamente normal para um casal que tem confiança um no outro. Não quer dizer que seja algo mau. Significa apenas que são um casal. Mas o canal apenas decidiu a passar os momentos que passavam o drama em vez de explicarem o que se passou na realidade.

A LUA-DE-MEL

Após o casamento, o casal vai de lua-de-mel para o Alentejo onde os vemos a trocar novamente alianças dentro de uma igreja (penso que ouvi a Maria a referir que gostava de ter casado religiosamente).

Deixo aqui um grande beijinho a este casal e espero que corra tudo pelo melhor com eles e com os seus lindos rebentos.


O FÁBIO E A ANA
fábio e ana o noivo é que sabe

Durante os diários de “O Noivo é que Sabe”, começamos a ver os primeiros preparos do Fábio e do seu casamento Medieval. Este era o casamento que eu mais tinha curiosidade de ver, primeiramente porque queria ver como ele iria organizar tudo em 10 dias e depois queria ver a reação da Ana a este tema invulgar.

Vemos primeiramente um Fábio super focado e organizado a tentar aproveitar todos os momentos para preparar o seu casamento. Acho que de todos os noivos, o Fábio foi aquele que me indignou um bocadinho (desculpa, Fábio), sempre a pedinchar descontos descaradamente e preços mais redondos.

Mas nem tudo é mau. Vemos um Fábio decidido no que quer e a tentar acima de tudo trazer a sua visão de casamento, que tem a certeza que a sua Ana vai adorar. Mas vemos também um Fábio super nervoso e um pouco perdido se não contasse com a ajuda do padrinho Marcos. Afinal, já é dificil organizar um casamento “normal” em um ano, quanto mais um medieval em 10 dias.

A RETA FINAL

Até quase o final da organização pensei que o Fábio não ia conseguir ter tudo o que queria até porque só ao 8º dia é que ele fechou o local. Admito que me preocupei com ele assim que os dias passavam. Mas o que é certo é que conseguiu fazer com que o seu casamento parecesse uma incrível feira medieval, com bandeirolas coloridas, cuspidores de fogo e o famoso porco no espeto e dou-lhe um “thumbs up” por isso.

No entanto, admito que houve ali pormenores que podiam ter corrido melhor. Em primeiro lugar, ele sempre disse que o vestido de noiva não era importante. Como assim Fábio? É só das coisas mais importantes para uma mulher no casamento. Mas depois percebemos o porquê, pois ele mandou produzir um segundo vestido mais medieval – Assim fez com que a sua noiva tenha não só um, mas dois vestidos. Esperto, Fábio.

Outro dos momentos mais marcantes foi quando este noivo referiu que tinha que prescindir da despedida de solteira de Ana para lhe conseguir dar o seu dia de sonho. Consegui entender…até ao momento em que vi os amigos dele a prepararem uma despedida de solteiro com ameijoas e camarão e bebida com fartura enquanto as amigas da noiva decidiram organizar-lhe uma despedida com chá e bolinhos.

Nesta despedida de solteira a Daniela (amiga do noivo) mostrou a Ana o vestido que ela ia usar. A Ana não mostrou um grande entusiasmo mas depois percebemos que adorou. No entanto, foi desnecessário a Daniela referir que serviu de modelo porque a Ana obviamente sentiu-se incomodada.

O CASAMENTO

Durante uma semana eu sempre pensei que a Ana não ia gostar do casamento e cheguei mesmo a pensar que ela não se iria casar. Mas levou todas as ideias do noivo na calma, principalmente o momento do rapto, apesar de bastante nervosa. No fim, adorou o conceito medieval e ficou bastante emocionada no que o Fábio lhe preparou (admito que até eu fiquei). Ele falou várias vezes na mãe que já faleceu e que a família dele era a família da Ana. Até optou por colocar o nome dela. Foi bastante comovente.


O OTÁVIO E A SUSANA
octavio e susana o noivo e que sabe

A Susana é uma pessoa que já é bastante engraçada e tranquila por natureza. Ela sabe que o Octávio vai falhar em algo mas para ela é “sem stress”, talvez por já ter sido casada e por já ter tido aquela experiência de casamento.

Algo que achei bastante engraçado nas primeiras vezes que vemos o Octávio a organizar é que ele vai para um café e aponta tudo o que tem para fazer na toalha de mesa e de seguida pega nela e leva-a debaixo do braço.

Acho que de todos os noivos o Octávio foi o que teve que tratar da maior parte do casamento sozinho já que o padrinho só nos dias finais é que esteve presente. Inicialmente achei que ele poderia não dar conta do recado e pensei mesmo que estaria um pouco perdido, mas mudei imediatamente de ideias quando percebi que ele sabia exactamente o que queria e acima de tudo o que a Susana queria, por mais estranho que fosse.

A ORGANIZAÇÃO DE OCTÁVIO

Durante os diários do “Noivo é que Sabe”, conhecemos o filho de Octávio e percebemos que era bastante importante para o noivo contar esta pequena aventura em que se meteu, como seria de esperar.

Vemos também o Octávio a escolher sozinho o vestido da noiva e contemplamos a sua faceta decidida e organizada quando ele opta por um vestido verde, que pede que seja semelhante ao da Fiona. A história do Shrek e da Fiona diz respeito à história dos dois. Susana acha-se a Fiona porque é forte e alta e dizia que o Octávio era o seu Shrek que quando o conheceu não era o mais bonito dos homens. Achei que era um casamento com um tema singular mas ao mesmo tempo engraçado mas que, acima de tudo, diz-lhes respeito a eles e à sua história que é o mais importante.

Perceber que a Susana queria casar-se de verde (porque ela diz que de branco ia parecer um frigorifico) e que queria um casamento com esse mesmo tema fez-me olhar o Octávio de maneira diferente, enquanto um romântico incurável, principalmente na escolha da quinta que optou pela “Quinta dos Amores” principalmente devido ao nome.

A LUTA COM O REGISTO CIVIL

Algo que gostei imenso que fosse exposto durante o programa foi como é difícil contactar os serviços de Registo Civil durante estes tempos de pandemia. O pobre Octávio só conseguiu falar com o Registo da localidade ao lado já que a de Paredes não atendia o telefone ou respondia aos emails. Admito que tive o mesmo problema com o meu e sei que não fui a única.

Comparo o Octávio ao Fábio na forma de negociar. Enquanto o Fábio é mais agressivo nesta parte, o Octávio fala calmamente e explica o que pode e não pode fazer, tanto que consegue que o preço baixe rapidamente.

Relativamente às alianças, este noivo quis surpreender a Susana então fez de tudo para que a aliança dela tivesse uns girassóis, flor que adora. O fato de casamento dele também estava super de acordo ao tema. Era como se víssemos um Shrek moderno. Gostei imenso e estava super elegante.


DIOGO E DANIELA

Conhecemos um novo casal a participar no “Noivo é que sabe”. O Diogo e a Daniela são uns jovem noivos de Vila Nova de Gaia que se conheceram na queima das Fitas e começaram a namorar após falarem nas redes sociais.

Após a Daniela dar imensas dicas sobre querer ser pedida em casamento, o seu “Zé Diogo” fez-lhe a vontade quando estavam de férias em Londres. Já tinham casamento marcado mas tiveram que o adiar devido à pandemia.

É um casal super engraçado e bastante gozão, principalmente a noiva Daniela. Ela é a típica noiva que quer ser uma princesa no seu dia com todas as atenções viradas para ela. Refere também que Diogo é péssimo a organizar, mas veremos como se sai. Ela também diz que prefere o estilo rústico enquanto ele prefere algo mais moderno.

Acho que a pior coisa que o Diogo pode fazer à Daniela é ter algo relacionado ao Benfica no casamento (que ele já prometeu que ia existir só para a provocar). Ela inclusive refere que ele diz que ama o Benfica mas não diz que a ama a ela.

Daniela começa a dizer que tem um problema quanto ao programa. Não conseguimos compreender a 100% mas tem a ver com o facto de não conseguir tirar os 10 dias no seu trabalho e precisar da licença de casamento. Sabendo deste pormenor, Diogo fez-lhe uma surpresa e casaram pelo registo ali mesmo, no topo da Serpa do Pilar (local onde ela sempre disse que adoraria casar). Ela ficou bastante emocionada e a cerimónia foi linda. Mas algo que Daniela não se vai esquecer foi o facto do Diogo não ter levado alianças e terem que trocar as de namoro. Terminam esta semana a dizer aos pais que casaram.

POR ÚLTIMO…

O que acho que correu menos bem? Nota-se perfeitamente que a SIC apela ao drama como já vimos diversas vezes. É uma forma de captar a atenção dos espectadores mas eu não achei que fosse da maneira correta. Acho que, por exemplo, no casamento da Maria e do Lourenço, dão a entender que a mãe do Lourenço tinha algo contra a união quando na verdade foi exactamente o contrário. Esta luta pelas audiências por vezes é agressiva em demasia e “estraga” um pouco a imagem do programa.

vê também estes posts

3 comentários

O NOIVO É QUE SABE - 3º EPISÓDIO • Noiva em Quarentena 21/09/2020 - 17:27

[…] sejam um total de dez. Já assistimos ao casamento de dois casais – o Lourenço e a Maria e a Ana e o Fábio e esta semana, assistimos ao terceiro casamento do […]

Responder
O NOIVO É QUE SABE - 4º EPISÓDIO • Noiva em Quarentena 21/09/2020 - 22:58

[…] e descontraído como foi o caso do Lourenço e da Maria, passando pela época medieval com o Fábio e a Ana e a terminar na floresta do Shrek com o Octávio e a […]

Responder
TUDO SOBRE O 9º EPISÓDIO DE "O NOIVO É QUE SABE" • Noiva em Quarentena 27/10/2020 - 0:31

[…] que íamos assistir a mais um casamento temático em “O Noivo é que Sabe”, como o do Fábio e da Ana, mas acho que o Diogo organizou esta cerimónia com tal elegância que fez com que cada noiva […]

Responder

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.