O fantástico guia do casamento low-cost

por Noiva em Quarentena
446 visualizações
Centro de Mesa DIY

Não há casal que não sonhe com um casamento low cost. E prova disso é que cada vez que decido abrir uma caixinha de perguntas na página de instagram, uma das questões que nunca falha é:

“Teresa, como posso organizar um casamento barato?”

E por isso, decidi partilhar (novamente, uma vez que já o tinha compartilhado na newsletter mensal – podes subscrevê-la no final deste post) algumas dicas que podem seguir se querem reduzir o vosso budget do casamento.

Antes de começar…

…quero que percebam que é possível ter um casamento low cost. No entanto, para organizarem este vosso evento a um menor custo, tem que abdicar de alguns pormenores. Por isso, a base deste post serão sempre as vossas escolhas aliadas a uma mente aberta. Não irão conseguir ter um casamento com um valor mais baixo sem deixarem de lado algumas ideias.

E o que é que eu quero dizer com isto? Que se estão à espera que vos dê uma fórmula mágica para terem tudo aquilo que sonharam, mas a um custo menor, não o vão encontrar aqui (e nem em lado nenhum, a meu ver). Aquilo que vos vou dar são algumas dicas que podem colocar em prática e que podem efetivamente reduzir um pouco o vosso budget.

1) Organiza-te. Define um budget e foca-te nele.

Uma das primeiras coisas que o casal deve fazer quando começa a preparar o casamento, é definir um budget. Esta é uma das tarefas mais importantes porque fará com que tomem consciência do que podem gastar e faz com que não ultrapassem esse valor.

Quanto mais pormenorizado for, mais o conseguem controlar. Por exemplo, em vez de definirem que o vosso budget é 𝔁, refiram que percentagem vai para cada fornecedor.

2) Faz uma lista do que é realmente importante

Esta dica não é só para quem quer um casamento low cost, mas para qualquer casal que prepara um casamento. É sempre necessário haver uma ótima organização e comunicação.

Por isso, após estabelecerem o budget é importante que se sentem e percebam o que é importante para cada um. Assim, quando virem alguma ideia nova no Pinterest (por exemplo) e que implique gastarem algum tipo de valor, podem perceber mais facilmente que não é assim tão importante para o vosso dia (caso contrário teriam definido inicialmente).

3) Dá prioridade à época baixa

Por norma, a época alta dos casamentos vai de Maio a Setembro (se bem que ultimamente Outubro também começa a entrar neste leque de meses). O que quer dizer que a nível de valores, será mais caro casar nesta altura. Normalmente, os espaços de casamento diminuem sempre os valores em época baixa, e esta pode ser uma opção caso queiram um casamento low cost.

Outra alternativa é realizarem a vossa cerimónia durante a semana. Ultimamente, muitos noivos tem considerado esta possibilidade, enquanto consequência dos adiamentos de 2020. E é uma opção totalmente válida para os noivos que querem reduzir o valor. Habitualmente, os dias da semana mais escolhidos são os sábados, domingos e alguns feriados que calhem durante a semana, e por isso também estes dias terão um valor superior.

4) Reduz o teu número de convidados

Outra das formas mais eficazes de reduzir o valor pago num casamento é na redução da lista de convidados. Na verdade, é tudo uma questão de lógica – quanto menor o número de convidados, menor o valor a pagar. E para ser muito sincera, não precisam de celebrar este dia com todas as pessoas que conhecem. Basta que tenham presente as que realmente vos fazem falta.

No entanto, também podem optar por outra alternativa, mas menos usual. Podem interditar o casamento aos acompanhantes ou mesmo realizarem um evento “adults only”. No entanto, e na minha opinião, este último pode não ser bem recebido diante dos pais e fazer com que muitos casais com filhos optem por não ir ao vosso casamento.

5) Opta por um espaço com tudo incluído

Em Portugal, a maioria dos casamentos são realizados em quintas já que facilita imenso a organização. Na verdade, poderá ser também uma opção mais em conta já que alguns destes espaços costumam ter vários fornecedores no mesmo local, como por exemplo o catering e decoração.

No entanto, para cerimónias mais pequenos (como os micro-weddings) podes sempre optar por realizar a festa num restaurante ou mesmo numa casa alugada.  

6) Pensa num local perto da tua residência

Escolheres um local de casamento próximo da tua casa fará com que poupes valor em transporte e alojamento. Esta questão também é válida para os vossos convidados. Certamente que nem todos morarão na mesma localidade, mas quanto mais próximos estiverem do local do casamento, mais fácil ficará.

7) Adere ao digital

Querem que vos diga o que é que engloba uma boa parte do vosso budget? A impressão dos convites.

Basicamente estão a despender deste valor ao imprimi-los para ficarem guardados na prateleira. Tornar os vossos convites digitais irá fazer-vos poupar uma boa parte do vosso orçamento. Desta forma, poderão alocar o valor a uma outra parte do vosso casamento.

E quem fala em convites, fala também noutros elementos do estacionário. Por exemplo, em vez de fazerem a impressão de uma ementa por convidado, porque não colocar apenas um QR Code na mesa que redirecionará para a ementa? Assim, reduz-se não só o valor das impressões como também irá minimizar os os contactos devido à pandemia.

8) Prepara as tuas próprias lembranças

O tema lembranças divide sempre opiniões. Alguns noivos acham que é um valor desnecessário. No entanto, caso este não seja o vosso caso e se quiserem presentear os vossos convidados com um pequeno miminho, porque não preparar as lembranças em conjunto? Assim, vão ter a possibilidade de fazerem algo a dois, ao mesmo tempo que preparam o vosso dia (e poupam essa quantia).

Aconselho-vos também a optarem por algo que tenha alguma utilidade para os convidados e, mais uma vez, que não seja para ganhar pó na prateleira.

Por outro lado, se não quiserem gastar este valor com algo físico, podem sempre optar por doar o valor (ou parte dele) a uma instituição e entregar um cartãozinho com essa informação aos vossos convidados.

9) Aproveita o material que tens em casa para a decoração

Outra das dicas que vos dou para poderem ter um casamento low cost é a de aproveitarem alguns dos objetos que tenham em casa para a decoração deste dia. Podem utilizar molduras, caixas, mesas e cadeiras vintage ou outro tipo de mobiliário que faça sentido e que se adeque ao vosso estilo. Assim, poderão levar um pouco do vosso espaço e personalidade para o vosso casamento e conseguirão poupar o valor da aquisição de peças novas.

10) Compra o vestido de noiva em segunda mão ou aproveita a época promocional

O vestido de noiva é dos pormenores mais importantes para uma mulher no dia do seu casamento. É aqui que o casal irá gastar uma grande parte do seu budget.

Se conseguires abdicar da aquisição desta peça num atelier ou loja especializada, poderás conseguir encontrar algumas opções mais em conta e igualmente maravilhosas. Podes, por exemplo, comprar um vestido em segunda mão ou mesmo adquirir um vestido branco mais elegante e que passe perfeitamente por um look nupcial.

No entanto, se não consegues de todo prescindir da compra do teu vestido numa loja própria, fica atenta à época de saldos e promoções que poderás encontrar alguns modelos mais em conta.

11) Reduz a tua decoração floral

Por norma, a decoração floral engloba uma boa parte do orçamento de um casamento. E é completamente impossível retirar esse custo, uma vez que tanto o bouquet como os restantes arranjos são importantes para evidenciar o estilo do casamento. No entanto, podem tentar reduzi-lo ao optar por uma decoração mais simples e essencialmente, com flores da época.

12) Pede ajuda!

Pedir ajuda é essencial num casamento e eu farto-me de o repetir. E na verdade, é um dos pontos que vos poderá fazer poupar um pouco do valor a pagar pelo vosso dia.

Certamente que têm familiares e amigos com jeito em alguma tarefa necessário para o casamento – por exemplo que são bons em artes manuais, em pastelaria, em decoração, entre outros.

Sempre ouvi dizer que a união faz a força. E por isso, porque não pedir-lhes ajuda nessas tarefas? Assim poderão rever as vossas necessidades para o casamento e talvez consigam inutilizar mais um bocado do vosso budget.

No entanto, após toda a organização, não se esqueçam de oferecer a cada ajudante um jantar como forma de agradecimento.

13) Contacta a Help a Bride

Vou puxar aqui a brasa à minha sardinha, mas o que é certo é que muitas noivas não optam pelos serviços de uma Wedding Planner por ser um custo que acham dispensável e acreditam que conseguem organizar o casamento todo sozinhos. De facto, até podem conseguir fazê-lo, mas uma Wedding Planner já tem o know-how necessário para vos dar opções mais em conta.

Mas se realmente escolherem não contratar esta profissional, equacionem fazer uma sessão de consultoria comigo para que possa analisar o vosso casamento e que consigamos perceber em conjunto o que podemos fazer para o tornar mais agradável à carteira.

E após estas dicas, vais colocar alguma em prática?

Assinatura Noiva em Quarentena

vê também estes posts

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.