MUDANÇA DE NOME

por Noiva em Quarentena
29 visualizações

Quando somos pedidas em casamento, pensamos imediatamente no vestido, no local, se queremos um casamento civil ou religioso, nas flores, na decoração. No entanto, quando já passou a euforia inicial do planeamento, vem-nos outra questão à cabeça: Será que devo alterar o meu nome ? ⁣⁣

Antigamente era bastante comum as mulheres acrescentaram o nome do marido ao seu.  Nos dias que correm, a maioria das mulheres decide mantê-lo e uma das principais razões para isso acontecer é porque algumas pensam que ao alterar, perdem a sua identidade quer pessoal quer profissional.⁣ Se falarmos em números, 40% das mulheres admite que alteram o seu nome enquanto apenas 4% dos homens acrescente algum sobrenome da esposa (dados do Instituto de Registos e Notariado)⁣ ⁣No entanto, se és uma das mulheres pertencentes ao grupo que quer alterar o nome eis alguns passos que deves ter em conta. 

⁣⁣♡ A alteração de nome pelo casamento não necessita de qualquer autorização especial do conservador. ⁣

♡ Ambos os noivos poderão acrescentar algum sobrenome do outro.⁣

♡ A lei permite que o casal escolha a ordem que prefere dos sobrenomes. 

⁣♡ A alteração do nome e do estado civil é automática após o casamento. ⁣

♡ Após o casamento, devem atualizar os documentos, sendo que o primeiro a alterar terá que ser o Cartão de Cidadão.

♡ Para alguns serviços, poderão ter prazos para as alterações. Por norma, serão os que coloco abaixo mas pode haver situações em que não existe qualquer tipo de coima – principalmente nos tempos que correm. No entanto, para não serem penalizadas, aconselho a seguirem os prazos indicados. ⁣

  • Cartão de Cidadão – 60 dias (18€)⁣
  • Carta de Condução – 60 dias (30€)⁣
  • Documento Único – 60 dias (35€)⁣
  • Contas Bancárias – 12 meses ⁣
  • Contratos de Luz, Gás, Água, TV – 12 meses ⁣
  • Outros Cartões ou Documentos ⁣

vê também estes posts

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.