A história surreal do meu pedido de Casamento

por Noiva em Quarentena
202 visualizações
Anel de Noivado Noiva em Quarentena

Ultimamente têm-me feito uma pergunta que eu sabia que um dia tinha mesmo que responder. E aqui estou eu para vos contar tudo. Pois é malta, hoje vou falar-vos como foi o meu pedido de casamento.

Se me pedissem para caracterizar como fui pedida em casamento com uma palavra, certamente que “surreal” seria a correta. Não foi de joelho no chão, ao pé de um castelo de princesas ou na minha cidade favorita. Também não foi juntamente com a minha família, com a ajuda de amigos ou com a famosa pergunta escrita no chão. Mas apesar de não ter tido nada disso posso dizer-vos que foi igualmente especial porque demonstrou o amor que o meu noivo sente por mim. Acho que acima de tudo tem a nossa personalidade marcada e na verdade, é um motivo para ele gozar comigo.

O PRIMEIRO PASSO

Para vos começar a explicar como foi o meu pedido de casamento temos que retroceder no tempo até Agosto de 2018. No meu aniversário o meu noivo deu-me um anel mega lindo e disse-me que era um pré-pedido de casamento (neste momento até é este anel que estou a usar porque o de noivado está bastante largo). Associei este gesto como uma intenção de casar comigo, apesar de ter pensado “porque raio ele não me pediu logo em casamento“.

Para vos dizer a verdade, eu já o considerava meu noivo antes mesmo dele pedir porque tinha a certeza absoluta que ele é o amor da minha vida.

UMA DATA ESPECIAL

Na passagem de ano desse mesmo ano foi quando achei que o pedido iria acontecer. Eu não me recordo como surgiu a conversa e realmente o que me lembro é que a minha melhor amiga disse-me que poderia ter alguma surpresa nessa noite. Na altura acreditei porque a passagem de ano tem um significado especial para nós.

Têm que perceber que eu sou uma pessoa que adoro que me façam surpresas mas odeio não saber. Gosto de perceber o que vão fazer para estar preparada para tudo e saber como reagir (sim, eu sei que assim estraga toda a essência do que é uma surpresa, mas eu sou realmente 8 ou 80). Isto é tão comum em mim que até das séries eu gosto de conhecer antecipadamente o que se irá passar para estar preparada (sim malta, sou a verdadeira spoiler mas não se preocupem, eu rapidamente me esqueço do que acontece).

Obviamente que tentei arrancar mais informações, mas para variar não me lembro do que ela me disse. Foi extremamente engraçado por acaso, porque lembro-me de estar mega confiante e super feliz como se já tivesse acontecido algo.

A verdade é que por muito que esperasse, não houve nenhum pedido nessa noite e eu senti-me um bocado triste porque, do que me lembro, a minha melhor amiga mostrou-se com a maior das certezas com um sorriso enorme estampado no rosto.

OS DIAS PASSAVAM E NÃO HAVIA PEDIDO

A verdade é que nunca percebi porque não tinha havido pedido e preparem-se, agora vem a parte engraçada.

Os dias passavam e não havia anel à vista. Comecei a perguntar a mim própria se ele realmente sentia o mesmo que eu. Eu sou ansiosa por natureza, então estou bastante familiarizada em pensar o que poderá acontecer com antecedência. De tudo o que pensei o que se destacou foi: Ele apaixonou-se por outra pessoa, já não gosta de mim, não sente o mesmo que eu.

Então o que é que eu achei que devia fazer? Já estava fartinha de estar constantemente a pensar no assunto, então confrontei-o.

O MEU PEDIDO DE CASAMENTO SURREAL

Bom, foi tudo muito rápido e se pensarmos bem foi completamente surreal e eu assumo a inteira responsabilidade por estragar todas as surpresas. Então, lavada em lágrimas, comecei por apontar-lhe todos os motivos porque eu achava que ele não gostava de mim. Não se preocupem, só o meu subconsciente acreditava na veracidade de toda esta diarreia mental.

O que é certo é que, para me calar no verdadeiro sentido da palavra, abriu a gaveta e tirou de lá o anel. Acho que só não me atirou à cabeça porque poderia ser considerado um ato violento.

Sabem quando um bebé está a chorar e de repente o fazemos rir e já não sabemos se as lagrimas são de tristeza ou alegria? Era eu na altura. Às tantas já não sabia se chorava de frustração de pensar que ele não gostava de mim, de burrice por tudo o que tinha dito, de estupidez por ter estragado mais uma surpresa ou de alegria por estar a ser pedida em casamento.

MAS O QUE É QUE SE PASSOU AQUI?

Acho que na altura não me apercebi que aquele momento pelo qual sonhava desde os meus 6 anos tinha chegado. Então fiz a única coisa que me pareceu lógica na altura – disse-lhe que assim não queria. Estive a um passo de dizer para ele guardar o anel de novo e para fazer novamente depois (na verdade não sei mesmo se não o disse).

Judge Judy Reaction Gif By Agent M Loves Gif - Find & Share on GIPHY

Eu estava muito confusa. Nossa, que desordem estava naquela cabeça. Não sabia o que dizer. Só pensava “mas que raio acabou de acontecer?”. E foi aí que tive um monólogo mental. Estão a ver nos desenhos animados quando aparecem um anjinho e um diabo em cada ombro? Eu acho que me aconteceu o mesmo – por um lado pensava “que estúpida, acabaste de estragar uma surpresa outra vez” e por outro dizia “esquece isso, tás noiva“. E na verdade, esqueci.

The Emperors New Groove GIF - Find & Share on GIPHY

Acho que sempre que alguém me perguntava como é que tinha sido o pedido de casamento eu dizia que tinha sido muito bonito, envergonhada pela minha habilidade em estragar surpresas. Mas agora acho que é uma história tão engraçada e incomum que consegue ser realmente única e mostra o amor que sentimos um pelo outro.

O que acharam desta história?

Assinatura Noiva em Quarentena

vê também estes posts

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.