TUDO SOBRE O 9º EPISÓDIO DE “O NOIVO É QUE SABE”

por Noiva em Quarentena
601 visualizações
Ana e Tiago em O Noivo é que Sabe

Há 9 semanas atrás assistimos à estreia de um programa da SIC que iria alterar as nossas rotinas de Domingo. “O Noivo é que sabe” está na reta final e ontem assistimos a um dos últimos episódios da primeira temporada.

Recentemente foi notícia a estreia de uma segunda temporada com famosos, com a presença da Kelly Baron e do Pedro Guedes, mas ainda sem data de estreia.

Mas enquanto aguardamos pelo anúncio desta nova variação do programa, revemos o que aconteceu ontem em “O Noivo é que sabe”.

OS LOOKS DA CLÁUDIA

Não é segredo para ninguém que eu tenho um fascínio pelo guarda-roupa que a Cláudia Vieira utiliza em “O Noivo é que Sabe”. Acho que a responsável pelo que veste está a fazer um ótimo trabalho mostrando vários opções que uma mulher poderá usar tanto no dia-a-dia como em contexto de festa.

Esta semana não foi exceção para a Cláudia, brilhando com três modelos de vestidos, apostando nos tons de azul e verde.

No diário de segunda-feira, vemos a Cláudia a visitar a Carlota com um vestido azul com fechos de argolas e que lhe assentava lindamente. Durante a noite de ontem conseguimos ter um novo vislumbre deste vestido, mas confesso que não chega aos calcanhares dos restantes.

Durante a visita a casa do Tiago e da Ana, vemos a Cláudia com o meu vestido preferido da semana e atrevo-me a dizer que entrou para o meu top 5. Falamos de um modelo em tons de verde da marca Marc Jacobs (baratíssimo para os comuns mortais já que vale pouco mais de 500€).

Enquanto vestido de cerimónia no casamento desta semana em “O Noivo é que Sabe”, Cláudia usou um elegante vestido Elisabetta Franchi com uma saia plissada em verde que penso que posso classificá-lo como não sendo completamente formal, tal como este casamento em especifico pedia.


OS CASAIS: A CLÁUDIA E O DIOGO

Facebook/Conceição Leite Atelier

Durante o episódio anterior de “O Noivo é que Sabe” assistimos a um dos mais bonitos casamentos que existiram neste programa, na minha opinião.

Eu admito que me emocionei e não foi apenas pelo produto final que o Diogo nos apresentou. Qualquer pessoa que tenha visto o episódio passado percebe o amor que une este casal revisto pela forma com que este noivo organizou o casamento pensando nele (muitas vezes, é verdade) mas também pensando nela – no que a Cláudia gosta, no que lhe fica bem, no que a faz feliz.

A FELICIDADE DA MÃE DE DIOGO

Em qualquer casamento que tivesse visto de “O Noivo é que Sabe”, nunca vi uma mãe tão feliz como vi a do Diogo. Chega inclusive a parecer um bocado exagerada com as atitudes que tem. No entanto, não podemos concluir que ela o seja. Qualquer mãe ou pai ficaria feliz de ver o seu filho a casar e como Diogo disse, ela teve recentemente um período complicado devido a problemas de saúde. Então se alguém precisa de deitar para fora todo o entusiasmo que tem, é mesmo ela.

Obviamente que toda esta felicidade fez com que soltássemos umas quantas risadas, não só por tudo o que assistimos referente a esta mãe mas pela quantidade de vezes que o Diogo e a irmã a avisam para se acalmar que nem dois filhos envergonhados. Ela intitulou-se como tal e realmente foi a rainha da festa.

A SURPRESA DE CLÁUDIA

Cláudia estava constantemente a sorrir e não é por menos. Diogo preparou algo que ela não estava à espera mas que amou e a expressão que ela usa durante todo o casamento demonstra-o. Ela acha que o marido fez muito melhor figura a preparar este enlace do que ela o faria. Realmente no inicio achei que íamos assistir a mais um casamento temático em “O Noivo é que Sabe”, como o do Fábio e da Ana, mas acho que o Diogo organizou esta cerimónia com tal elegância que fez com que cada noiva quisesse um casamento semelhante.

O BOLO UM QUANTO… RÚSTICO

Chegou o momento mais esperado após o “Sim” – o corte do bolo. Eu nunca pensei que aquele bolo em específico fosse aguentar a noite toda sem tombar, mas se realmente a torre de Pisa está torta há mais de 800 anos, o que são umas horinhas.

No entanto, tenho que dar os meus parabéns ao Diogo pela criatividade e pela coragem de fazer o seu próprio bolo de casamento em casa. A Cláudia, pelo que ela diz, nem notou que tinha sido ele prepará-lo e após provar diz, admiradíssima, que está muito bom. Até Diogo fica surpreendido.

Mas para a Cláudia o melhor momento foi mesmo o espetáculo de fogo que assistiu após o bolo e que ela confirmou que a emocionou. Eu concordo plenamente com ela. Acho que deu um toque especial ao casamento e agora sim posso apoiar o Diogo no valor que gastou em animação e em elementos celtas.

PRIMEIRO DIA DE MARIDO E MULHER

Não havendo budget extra para uma noite de núpcias num hotel, Cláudia e Diogo passam-no em sua casa.

Ainda no rescaldo da noite anterior, os dois decidem conversar acerca do seu casamento, aproveitando para incluir as suas mães na conversa. Acho que aqui sim percebemos as reações um tanto exageradas da mãe do Diogo. Ela quando fala do casamento transborda emoção e chega a dizer que nunca tinha visto um casamento assim. Percebe-se a léguas que tem uma admiração enorme tanto pelo filho como pela nora. Nota-se perfeitamente que a Cláudia para ela também é como uma filha. A mãe de Cláudia também estava radiante. Já por si tem um sorriso contagiante mas durante as imagens do dia seguinte não o conseguia tirar da cara.

Cláudia começa por comentar o vestido e admite que não arriscaria tanto se fosse ela a escolher e agradece por alguém o ter feito por ela. Já aqui disse algumas vezes e repito novamente que ao inicio não achei correto o Diogo ter escolhido um vestido diferente dos gostos da Cláudia. Mas estou bastante arrependida de tê-lo dito. Melhor que ninguém ele conhece a Cláudia e eu penso que foi uma jogada (inteligente) para que a sua mulher veja aquilo que ele vê todos os dias. E digo isto porque numa entrevista que ambos deram, percebemos que sofreu de bullying e acreditem que é algo que deixa marcas em qualquer pessoa.

Mães e filhos continuam a conversar e admitem que um dos detalhes que mais admiraram foi a beleza do bufo e na originalidade de ter sido o “menino das alianças”.

A EXPERIÊNCIA DE “O NOIVO É QUE SABE”

Não tenho qualquer dúvida do amor deste casal. Houve poucos casais de “O Noivo é que Sabe” que me conseguiram emocionar e não só pelo casamento que tiveram mas pelo amor que os une. A Cláudia e o Diogo conseguiram isso. Ela diz que esta experiência fez com que confiasse mais no Diogo. Ele diz que não consegue viver sem ela. Eu digo que ao ver o casamento de ambos fez com que eu sonhasse ainda mais com o meu próprio e desta vez, agradeço-lhes por terem proporcionado momentos tão lindos e por dar a perceber que por vezes podemos sair um bocado da zona de conforto no que diz respeito ao nosso dia.


OS CASAIS: A ANA E O TIAGO

Ana e Tiago em O Noivo é que Sabe
SIC

Chegou o dia de mais um casamento em “O Noivo é que Sabe”. Desta vez, para vermos a união da Ana Carolina e do Tiago em pleno norte do país.

SOBRE OS NOIVOS

Já aqui disse que inicialmente não sabia o que pensar da Ana. Achei que a atitude dela de referir que não casava se determinados pormenores do casamento não estivessem de acordo ao que queria, talvez fosse um pouco desadequada ao “O Noivo é que Sabe”. No entanto, cedo percebemos que estas atitudes devem-se por ser algo com que sempre sonhou.

Em contrapartida, Tiago tem-nos surpreendido bastante. Admito que quando começou a preparar este dia não achei que ele tivesse uma capacidade de organização como a que tem demonstrado. Mas a verdade é que o vemos sempre extremamente focado e bastante ordenado com o que tem para fazer. É certo que, segundo ele, o seu “talismã” teve um papel fundamental na organização deste casamento mas mesmo quando não estava com o pai, teve uma postura fantástica ao aproveitar cada momento livre para contactar fornecedores.

UM ÚLTIMO ADEUS AOS SOLTEIROS

Tiago quis dar à sua princesa um dia em que pudesse relaxar e esquecer-se um pouco deste processo de casamento. Nota-se que já conhece bastante bem a Ana e sabe que, se ele está nervoso, ela irá estar muito mais por não estar no controle.

Decidiu fazer-lhe algo especial e pediu à amiga Maria e à mãe de Ana que a acompanhassem num pequeno passeio de barco pela baía de Setúbal para que pudessem nadar e observar golfinhos. Acima de tudo, Tiago quis que ela tivesse um dia diferente e penso que acertou em cheio.

O próprio Tiago também teve um dia em cheio. O pai e os amigos levaram-no para um kartódromo de forma a passarem um bom tempo na sua despedida de solteiro. Infelizmente, o noivo não reagiu muito bem a estar tanto tempo com a máscara e o capacete juntos e ficou um bocado indisposto. No entanto, foi um dia engraçado que o seu pai certamente não irá esquecer pois levou para casa o titulo de piloto mais rápido de “O Noivo é que Sabe”.

OS DETALHES FINAIS

Pouco falta ao Tiago para que o seu casamento esteja totalmente preparado, mas logicamente, nunca sem antes comprar as alianças. Juntamente com o seu pai, adquire este que é dos elementos mais importantes no casamento.

Como não poderia deixar de ser, o pai Lino também nos presenteia com a sua maravilhosa sabedoria e refere que as alianças não devem ser macias para que os noivos saibam que o casamento não é um mar de rosas.

O que tenho vindo a descobrir acerca do Tiago é que, ao contrário dos outros noivos que pedem uma atenção, um miminho, ele não o faz o que me parece que não gosta ou não é muito bom a negociar. No entanto, miraculosamente consegue sempre um desconto no valor final.

Tal também aconteceu ao contratar o fornecedor para o transporte da noiva. Tiago em vez de escolher um carro, opta por um coche pois acha que se a Ana é uma princesa, tem que chegar como tal.

Após a compra das alianças e do transporte, Tiago revê então os últimos detalhes para garantir que não se irá esquecer de nada. Após rever as mesas de convidados e a playlist da cerimónia, ele sabe que a próxima missão será escrever os votos. Admitindo que não é muito bom na escrita, percebemos que esta é a sua tarefa mais dificil.

O VESTIDO PERFEITO

Não é segredo para ninguém que a Ana acha que o vestido é mais importante do que qualquer outro detalhe do casamento. Eu admito que me entristece ao ouvir algumas noivas de “O Noivo é que Sabe” a falar sobre isso. Não vou dizer que estão certas ou erradas, mas na minha opinião o mais importante num casamento não é o formato do vestido ou o local do enlace – é mesmo o amor que faz com que duas pessoas se casem, admitindo perante tudo e todos que querem passar o resto da vida juntos. Não vou dizer que para mim o vestido não é importante obviamente, sendo eu vaidosa é um pormenor que quero que seja impecável mas por isso mesmo é que eu nunca concorreria a este tipo de programas.

Ana vai, por fim, ver o seu vestido de noiva acompanhada da mãe. Após pregar-lhe alguns sustos pelas expressões que vai proferindo enquanto estava vendada, ao abrir os olhos percebe que afinal é um modelo com o qual se vê a casar.

O único pormenor que ambas admitem que falta é um saiote para torná-lo mais aberto e por isso, a mãe da Ana liga ao Tiago. Após ela própria também lhe assustar ao dizer que a noiva tinha odiado o modelo (e do noivo prometer que se ia vingar), percebemos que o Tiago não percebeu que o saiote não estava incluído no valor. Na verdade não é qualquer homem que sabe o que isto é e que se lembra deste pormenor sem ninguém o referir. No entanto, a loja refere que empresta-lhe o saiote para poupar mais gastos ao Tiago (em parte penso que também foi por falha deles que o noivo não o adquiriu).

“EU NÃO ESTOU NERVOSA”

No dia em que Ana regressa a Famalicão com os pais começa a ficar nervosa apesar de não o admitir. A primeira coisa que faz para se acalmar é fazer uma vistoria à casa para encontrar provas do que o noivo possa ter feito. Tiago, sabendo como a noiva é, decide deixar-lhes uma surpresa que a futura mulher rapidamente encontrou, assim que abriu a porta do frigorifico – 3 bolos para provarem que imediatamente a sua mãe associou a serem os sabores do bolo de casamento. Ana não gostou da brincadeira já que confessa que não gostou de nenhum porque não tem chocolate – eu percebo-te Ana #chocolateévida.

Cláudia Vieira decide ver como a Ana está um dia antes do casamento e diz-lhe que o Tiago está bastante confiante o que a noiva não vê com bons olhos pois acha que o excesso de confiança faz com que ele pense mais no que ele gosta.

FALTA AQUI QUALQUER COISA

Ao falar com o seu “talismã”, Tiago admite que está a faltar alguma coisa e rapidamente percebe o que é – o tema do seu casamento é o arraial português e não tem nenhum cantor popular. Então, decide contactar o Nel Monteiro que prontamente refere que consegue participar no casamento deixando o noivo bastante feliz (e com o orçamento reduzido). No entanto, começo a duvidar um pouco da facilidade com que conseguiu que ele atuasse no seu casamento e penso que poderá aqui ter havido um dedo da produção.

“BORA LÁ CASAR”

Chegou o dia do casamento da Ana e do Tiago em “O Noivo é que Sabe” e, a muito custo, a noiva levanta-se para se começar a arranjar. À porta do cabeleireiro espera-a Maria, a sua madrinha.

Enquanto mãe e filha se preparam, começam a falar sobre vários pormenores do casamento e Ana admite que gostaria de chegar num carro desportivo. Ela é bastante ligada ao desporto e, se assim o posso chamar, “maria-rapaz”. O que ela não sabe é que para o Tiago, ela é uma princesa e terá tudo para a fazer sentir como tal.

Penteados feitos, Tiago prega uma pequena partida e faz com que a sogra pague o dela. Ana não gostou da atitude mas a sua mãe não se importou nem um pouco porque diz que adorou como ficou.

O DRAMA DO VESTIDO

Chegou a hora de Ana vestir o seu vestido de noiva. Mas qual não é o seu espanto quando percebe que não lhe serve. Após esta pequena situação, a noiva começa a ficar extremamente nervosa e a começar a ter ataques de ansiedade. Felizmente a mãe dela e Maria arranjam uma solução – conseguem cortar o vestido, sem que se note muito para que ela o consiga usar.

Bastante nervosa, Ana também se preocupa com os acessórios e nesse preciso momento recebe uma caixa com tudo o que precisa – um colar e uns brincos, a liga e umas sandálias de salto que Ana inicialmente se recusa a usar e chega mesmo a dizer que não casa com eles. No entanto, Cláudia fê-la entender que “O Noivo é que sabe” e ela lá aceita usá-las. Por ela, Ana iria de ténis. O único detalhe que todos apontam é a cor dos sapatos ser preta. De resto também concordo que é um calçado confortável.

A LONGA ESPERA

Devido ao pequeno problema do vestido de Ana, ela chegou 1h30 atrasada à cerimónia. Os convidados começaram a ficar impacientes e saíram do sol abrasador que se fazia sentir. O único que estava bastante animado era o pai do noivo, sempre a mandar algumas piadas para cortar o clima intenso.

Notava-se que Tiago estava preocupado porque não sabia o que se estava a passar, mas em conversa com a Cláudia refere que nunca sentiu medo da Ana não aparecer.

Relativamente ao espaço, a quinta realmente é bastante bonita mas achei que a decoração estava um bocado confusa. Amei os fardos de palha para os convidados se sentarem. Mas acho que o resto não combinava porque não existiu uma total fidelidade ao tema passando de algo bastante rústico para um estilo elegante sem haver meio termo.

O “SIM”
SIC

Ana chega finalmente à quinta e tem a sua “carruagem” à espera. Após tanto tempo a dizer que não estava nervosa, agora sim vemo-la quebrar um pouco, principalmente quando reencontra o pai no corredor para o altar.

Pai e filha caminham até Tiago e Ana não para de tremer. Nota-se perfeitamente que está bastante nervosa. Ambos chegaram por fim ao altar e a noiva, ao reencontrar Tiago, começou lentamente a acalmar-se por perceber que ele realmente fez algo que ela gostasse. Ela própria admite que está tudo “top“.

HORA DO COCKTAIL

Após a longa espera pela noiva, os convidados deliciaram-se no cocktail de entrada, principalmente o pai do noivo que experimentou tudo o que pôde.

Assim que entraram no espaço, marido e mulher brindaram ao seu dia juntamente com uma banda popular. Os dotes do Tiago enquanto dançarino deixam muito a desejar, mas enquanto novo marido estão a dar frutos já que deu a Ana os seus amados ténis para calçar.

Cocktail terminado, entraram no salão ao som do grande Quim Barreiros numa melodia que revelava o que aí vinha – para todos exceto para Ana que se nota que é um tanto esquisita no que toca a comida e como tal não consegue aproveitar o menu na totalidade.

Durante a semana veremos como corre o resto deste casamento de “O Noivo é que Sabe” e que surpresas tem o noivo preparadas para este dia, que parece-me que ainda não terminaram.


OS CASAIS: A CARLA E O RUI

Carlota e Rui m "O Noivo é que sabe"

A Carla e o Rui, o que dizer deste casal de “O Noivo é que Sabe”?

Em 9 episódios deste programa nunca vi casal tão diferente como estes dois. Ela é bastante divertida, faladora e literalmente a rainha da festa. Se não gostar de alguma coisa, certamente que diz mas de uma forma tão natural que ninguém consegue levar a mal mesmo que quisesse. Mas de tanto tem de querida como tem a mania das grandezas, ou pela voz dos sobrinhos, uma autêntica “tia de Cascais”.

O Rui é bastante calmo, nota-se na sua postura que tem bastantes inseguranças e que não acredita que possa fazer um bom trabalho e isso retrai-o um pouco e muitas vezes necessita de um empurrão da irmã Filipa, que em parte faz o papel da Carlota que tanta falta lhe faz. Ao mesmo tempo, este noivo é teimoso e decidido e quando quer algo vai até ao fim, não importando o que os outros digam.

CARLOTA E O VESTIDO DE SONHO

No Domingo passado em “O Noivo é que Sabe”, vimos o Rui a escolher o vestido para a Carlota – e que bom trabalho que fez. No inicio da semana, foi a vez da noiva ir experimentar alguns modelos.

Confesso que fiquei surpreendida pela escolha da loja e acredito que ela talvez tenha decidido ir lá porque já tinha pensado no assunto. Também fiquei um bocado feliz porque o meu vestido também é da Pronovias então foi como se tivesse revivido um pouco da minha própria escolha do vestido.

Carlota é uma mulher decidida, então mesmo antes dela dizer, sabemos exatamente qual o modelo que escolheria – algo com uma saia fluída e corpete em renda. Quanto ao véu nunca sonhou usar pois segundo ela parece uma “tenda com um mosquiteiro”.

No entanto sabemos que de nada serve a sua escolha já que vai ser o noivo a escolher o seu vestido de sonho. Ela inclusive refere, ao falar com a Cláudia Vieira que não confia no Rui. A Cláudia, e bem, avisa-a que não é a atitude certa para este programa.

A QUINTA PERFEITA

Enquanto Carlota diverte-se a experimentar vestidos, Rui vai com a mãe visitar algumas quintas. Já que Carlota é de Cascais e o noivo é da margem sul, opta por ver um local em cada lado – por muito que não agrade à noiva.

A primeira quinta que visitou situa-se nos arredores de Lisboa mas não lhe causou grande entusiasmo pois refere que é pequena. De seguida visitou um espaço em Azeitão e notamos que possivelmente é a que escolhe pois começamos a ver o seu sorriso, algo que não é habitual. Inclusive começa a ter ideias sobre como poderá vir a ser o seu casamento naquele local.

SEM CATERING NÃO HÁ FESTA

Filipa relembra ao irmão que tem que contratar o serviço de catering e ajuda-o partilhando um contacto de um conhecido. O serviço agrada a Rui mas a mãe e a irmã temem por ele ainda não ter tirado a ideia do porco no espeto. Ambas sabem que a Carlota não é, de todo, fã de ter esta comida no casamento e sabem perfeitamente que não é algo que se adeque ao tema de cinema que Rui quer colocar em prática.

No entanto, ao rever a decoração com o catering Rui também percebe que não é bem aquilo que quer então antes de dar uma resposta final prefere conversar com outra empresa para ver outra opção que se adeque ao que tem em mente. Ele quer algo simples em preto e dourado que também percebemos durante a visita à florista. A meu ver, o tema que ele quer e a visão que tem do que o casamento deve ser não combinam. Um tema de cinema tem tudo menos simplicidade e o que ele quer é requintado a menos.

O PEQUENO-ALMOÇO DE FAMÍLIA

O Rui decidiu organizar um pequeno-almoço para a sua amada, com a ajuda da irmã. Ouvi-a a falar em despedida de solteira, mas não sei se o é porque durante a semana este noivo disse que gostava de a levar a fazer algo diferente.

É certo que a despedida de solteira ideal da Carlota não seria certamente com a família do noivo e com a mãe, mas segundo Filipa nenhuma das suas amigas pôde comparecer o que a deixou bastante triste.

No entanto, é neste pequeno-almoço que começamos a ver outra faceta da Carlota, provavelmente por estar mais em contacto com a família do noivo. Por muito que estivessem a brincar, não deixei de sentir ali um confronto de opiniões entre a Carlota e a irmã do noivo. Creio que as duas tem personalidades parecidas e por isso chocam por vezes nas suas opiniões.

O que é certo é que após uma brincadeira que Carlota achava ser a sério, ficou a pensar que o noivo não estava a organizar bem o seu casamento e acho que isso a deixou ainda mais na defensiva, demonstrando um lado seu que não conhecíamos em que só a opinião dela importa. Creio que daquilo que vi a Carlota nem uma vez pensou na possibilidade de viverem na margem sul fazendo com que Filipa comente que esta noiva controla bastante o seu irmão. Mas opiniões à parte, no fim ainda se conseguiram divertir com os adereços que a sua cunhada lhe ofereceu.

A OPINIÃO DE CARLOTA

A Carlota tem dado várias vezes a sua opinião de como acha que vai correr o seu casamento, e por muito que brinque penso que magoou a mãe do Rui quando disse que achava que ele ia falhar. Para a mãe do noivo, aquelas palavras deixaram-na triste porque tudo o que o filho está a fazer é para a agradar.

Mesmo numa conversa com Cláudia Vieira, esta noiva repete-o ao que levou a apresentadora a dizer que algo de bom que Carlota poderá retirar de “O Noivo é que Sabe” é a ver o mundo com outros olhos, mudando um pouco aquilo que ela é para perceber que nem tudo pode ser feito à sua maneira.

Não tenho qualquer noção de como será este casamento e acredito que ainda não vimos nem metade do que o Rui irá preparar mas estou curiosa para ver no próximo domingo o resultado final.


O NOVO CASAL: DELFIM E SORAIA

SIC

E quando pensávamos que já tinhamos visto todos os casais, aparece-nos o Delfim e a Soraia em “O Noivo é que Sabe”.

CONHECEMOS OS NOIVOS

Delfim e Soraia (ou “Loira” como é carinhosamente chamada pela família do noivo) vivem na margem sul e conheceram-se há 10 anos na escola. Dizem que sempre foram amigos mas foi quando se reencontraram mais tarde que Delfim se declarou à esteticista. Vivem juntos há 3 anos e tem uma cadelinha pequena que Delfim quase que admite que era dela que teria mais saudades durante a experiência.

Ele diz que o que mais o atrai nela é a cumplicidade que ambos tem. Ela diz que confia no namorado a 100% – não podemos referir que é noivo pois diz que não houve pedido. Por outro lado Delfim tem a certeza que está apto ao desafio mas não faz ideia do que tem que fazer nem o valor dos detalhes do casamento, o que poderá ser um problema já que Soraia diz que ele é forreta.

O vestido ideal de Soraia é idêntico ao de uma princesa – brilhos, volume e cauda enorme. Ele, pertencendo à PSP e por ter estado nos comandos, adorava que o tema fosse militar tanto que gostava de se casar no quartel onde esteve de serviço e que a noiva entrasse dentro de um tanque. Contrariamente, Soraia gostava de casar numa quinta e entrar numa charrete.

Delfim diz que também tem a dificuldade acrescida já que Soraia acha que tem sempre razão e é dificil de agradar. Mas esperam-lhe algumas surpresas, certamente relacionadas com o tema militar.

O ADEUS DOS NOIVOS

Delfim sai de casa para ficar os 10 dias em casa da irmã. Assim que lhe conta os seus planos em “O Noivo é que Sabe”, ela fica bastante surpresa e teve uma reação bastante engraçada já que se começou a rir quando ele lhe disse que “O Noivo é que Sabe”. Eu na verdade comecei às gargalhadas com a naturalidade com que ele disse à irmã para ter calma porque ainda tinham 10 dias, como se fosse bastante tempo.

Realmente a sorte do Delfim é ter a irmã porque percebemos que ele realmente não sabe nada de como se organiza um casamento e ela teve a dar-lhe uma lição de como o irá preparar.

Ao mesmo tempo, Soraia conta à família que se vai casar e todos ficaram bastante felizes com a notícia, começando logo a fazer perguntas.

Eu desde que me enganei com alguns casais que inicialmente gostei decidi que não ia tecer comentários, mas acho que vamos ter uma agradável surpresa com estes dois.

Assinatura Noiva em Quarentena

vê também estes posts

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.