7 Coisas que aprendi com o meu Casamento

por Noiva em Quarentena
370 visualizações
Casamento Noiva em Quarentena

O dia do casamento é aquele momento esperado por qualquer noiva – e se forem noivas em pandemia como eu, bem que tiveram que esperar. Hoje, este dia já passou e foi magnífico. Mas como em tudo na vida, posso dizer que me deu umas grandes lições. Querem saber o que aprendi com o casamento?

Então, vamos a isso:

#1 DELEGAR É A PALAVRA DE ORDEM

Foi algo que aprendi com o meu casamento (na verdade, dias antes de acontecer).

Na minha mente, pedir ajuda era dar trabalho a alguém e eu não queria que as pessoas mudassem a sua vida por minha causa. O casamento era meu, a obrigação de preparar tudo era minha e do noivo.

Mas na prática não é bem assim. Tu não és nenhuma mulher-maravilha (infelizmente!) e eu percebi isso na semana do casamento. Começas a questionar-te porque é que o dia apenas tem 24h e realmente percebes que não podes chegar a todo o lado sozinha. 

O que tu não sabes é que a tua família e amigos até fica feliz em ajudar-te e está só à espera da tua palavra de ordem para colocarem todos mãos à obra.

Eu realmente tive que pedir ajuda – pedi a uma das minhas madrinhas que coordenasse a cerimónia e tive que falar com uma das damas-de-honor e com o meu padrinho para me ajudarem a preparar tudo na semana do casamento.

Por isso o primeiro conselho que te dou é difícil para alguns – pede ajuda!

#2 VAI-TE EMBORA, ANSIEDADE

Se te vais casar ou casaste em época de pandemia, certamente estás a sentir ou sentiste o mesmo que eu.

Estava sempre preocupada com o meu casamento, mesmo sabendo que nesta altura, pouco estava nas minhas mãos referente à sua realização. Casar em pandemia é realmente colocar o dia mais esperado das nossas vidas nas mãos do destino. E até determinada altura, o que me acalmava era mesmo isso. Dizia vezes sem conta para mim própria “Seja o que Deus quiser…

Mas a tão pouco tempo do meu casamento, deixei-me levar pela ansiedade. Pensava “e se…e se…e se…” a todo a hora e esse pensamento constante cansava-me.

No final, correu tudo tão bem que, se fosse hoje, tentava manter a calma naquelas últimas semanas e apenas desfrutava. O que nós enquanto noivas não pensamos nessa altura por conta do stress excessivo, é que vamos queimar os últimos cartuchos da nossa organização de casamento e não vamos voltar a ter aqueles momentos.

Se também tu te sentes assim: Respira fundo e tem calma que realmente vai tudo correr bem.

#3 A PERFEIÇÃO NÃO EXISTE

Quero que coloques algo na tua cabeça. Algo que felizmente eu consegui perceber mesmo antes do meu dia – O teu casamento não vai ser perfeito nem vai tudo correr como tu queres por muito que tentes.

Ainda sobre o ponto anterior, conto-vos uma história prática que aconteceu no meu dia:

A dias do meu casamento percebi que havia uma possibilidade de chuva. Roguei pragas a mim própria e repeti vezes sem conta porque é que não tinha ido levar os ovos a Santa Clara. Instalei todo o tipo de aplicações de meteorologia no telemóvel à espera de noticias melhores mas nada.

Devido aos nervos, estava a ligar no dia anterior à quinta a questionar sobre um plano B (em parte era mesmo para me dizerem para não me preocupar e que ia correr tudo bem). No dia do casamento consegui não pensar muito nisso, mas querem saber? Fez um calor abrasador na hora da cerimónia, 2 pessoas quase que desmaiaram devido aos 30 e poucos graus e após isso…CHOVEU e o meu dia não podia ter corrido melhor. Na verdade até agradeço por ter acontecido. É como dizem “boda molhada, boda abençoada.” E foi mesmo.

#4 OS FORNECEDORES VÃO SER OS TEUS MELHORES AMIGOS

Se houve algo que aprendi com o meu casamento foi que teres os fornecedores certos é meio caminho andado para que o teu dia corra bem e que não tenhas qualquer tipo de stress.

Posso garantir-vos que os meus tiraram-me vários pesos de cima dos ombros – a minha cabeleireira ajudou-me a terminar de arranjar enquanto a minha mãe preparava os últimos detalhes; A minha maquilhadora (e dama-de-honor) estava sempre lá para me retocar o batom e garantir que parecia uma boneca; os fotógrafos ajudaram-me a acalmar os nervos com as suas brincadeiras e palavras de apoio e realmente estavam sempre lá para pensar num plano B caso necessário. O meu DJ, na maior das calmas coordenou o copo-de-água inteiro enquanto nós só precisávamos de existir. E a quinta teve sempre alguém para garantir que estava tudo a correr como desejávamos e para que tivéssemos um dia inesquecível.

De tudo o que aprendi com o meu casamento, acreditem que este é dos pontos mais importantes e que agora passo para vocês.

#5 O CASAMENTO NÃO É APENAS IMPORTANTE PARA TI

Apesar de vocês serem os noivos, acreditem que o vosso casamento não é apenas especial para vocês. Se houve algo que aprendi no último ano e que testemunhei no meu casamento é que por cada lágrima de alegria está um “gosto de ti” por trás.

No teu dia não te vais aperceber disto porque estás na tua bolha de amor, mas quando vires fotos e vídeos vais perceber a quantidade de pessoas que deitou uma lágrima pela tua felicidade. A quantidade de pessoas que sorriu com os olhos por ver o vosso amor. E a quantidade de pessoas que agradeceu por partilhar este dia convosco.

No meu casamento choraram muitas pessoas – Pais, padrinhos, madrinhas, damas-de-honor, família, amigos…até pessoas que eu pensava que nem tinham lágrimas. São essas pessoas que deves levar para a vida e que deves partilhar cada momento teu, de amor, alegria e até de dor.

É aqui que vais aprender uma lição. Eu aprendi com o meu casamento em quem posso realmente contar. E essas pessoas sei que nunca nos irão deixar até o resto das nossas vidas.

#6 NÃO VAIS CONSEGUIR DAR ATENÇÃO A TODA A GENTE MESMO QUE TENTES

Enquanto noivos, vocês são as pessoas mais importantes do casamento, como é lógico. E por isso mesmo, levei alguns dias a normalizar esta questão.

Para quem como eu teve “alguns” convidados, sabe que não vai ser possível passar demasiado tempo com cada um. Vamos ter de correr de um lado para o outro, a passar por todos os momentos de um casamento e por possíveis alterações que possam existir.

Tu e o teu noivo vão andar sempre a passear de mesa em mesa. Mas acreditem, vão querer passar ainda mais tempo com os vossos convidados, falar com cada um, perguntar se estão bem, se estão a gostar. Só que não vão conseguir chegar a todo o lado.

Durante dias andei a pensar que podia ter feito mais, ir ter mais vezes com eles. Mas se tivesse acontecido, provavelmente não tínhamos as lindas fotos que temos e que também são importantes (e vocês vão querer tê-las, acreditem).

Não vou dizer todos porque sei que lidando com pessoas é normal uma ou outra ter uma opinião diferente. Mas decerto que a maior parte dos vossos convidados compreende que não tenham conseguido chegar a todo o lado (para além de que é uma forma de marcarem algo para reverem o vosso casamento)

#7 É REALMENTE O DIA MAIS FELIZ DAS VOSSAS VIDAS

Quando sonhava com o meu casamento, pensava muitas vezes nisto: Será que vai ser mesmo o dia mais feliz da minha vida? E se acontecer alguma coisa e eu não gostar? E se algo correr mal?

A nossa vida está cheia de “E se’s…”, mas a verdade é que aconteça o que acontecer, acreditem no que vos digo – eu nunca estive tão feliz como estava no dia do meu casamento. 🙂

Agora quero saber as vossas histórias. O que aprenderam com o vosso dia?

Assinatura Noiva em Quarentena

vê também estes posts

Deixa um comentário

* Ao utilizares este formulário, aceitas o envio e armazenagem dos teus dados por este site.